Nossos projetos

Veja abaixos os

Nossos projetos descritos:

FAQ

Conheça nossos projetos e como transformamos a realidade sócio cultural de nossa comunidade:

O Projeto Dignidade é mais uma ação relevante protagonizada pelo Instituto Humanitário Ponto de Amor. Prevê a construção de um condomínio com 100 casas de alta qualidade, cujas obras já estão em andamento. Cada imóvel terá 60m² e dois quartos. Não haverá cobrança de IPTU por se tratar de uma ONG e há tratativas em andamento conseguir isenção também de cobrança de água e luz.

Para os moradores serão oferecidos também alimentação (cestas básicas e refeições), serviços de saúde (atendimento médico e odontológico, ambos com exames), educação (creche e biblioteca), lazer e esportes (veja mais detalhes abaixo*).

Um dos principais pilares do projeto será a inserção das pessoas no mercado de trabalho por meio de cursos profissionalizantes. Já estão sendo fechadas parcerias com empresas e profissionais para treinamentos nas áreas de pintura predial, culinária, artesanato e artes plásticas, fabricação de móveis, Informática (T.I.), etc. Entre os apoiadores já confirmados estão o artista plástico Luciano Martins, o chef Fabricio Zanatta, Tintas Oliveira, Barbearia Vip, entre outros.

Há mais de 300 inscritos à espera de uma oportunidade no projeto - sendo que a seleção será criteriosa, feita por uma equipe de assistentes sociais.

O terreno para a construção do condomínio, com 110 mil m² no Bairro Vargem Grande, já foi adquirido. O serviço de terraplenagem está em andamento, com previsão de conclusão até o final de 2020. As primeiras casas devem começar a ser erguidas em janeiro de 2021, com ritmo de entrega de seis delas por mês. Com a adoção de técnicas diferenciadas, como a fabricação própria de tijolos, o custo de cada edificação será de apenas R$ 15 mil, o que possibilitará atender um número maior de famílias. Apesar do custo baixo, as casas serão de qualidade, confortáveis e duráveis. Os imóveis ficarão em nome do Instituto, que terá direito sobre eles independente de mudanças futuras na sua diretoria.

Para viabilizar o Projeto Dignidade será preciso contar com ajuda de pessoas físicas e jurídicas, além de entidades públicas e privadas. Algumas empresas já se colocaram à disposição, como uma fábrica de tintas, além de um grupo de 30 pedreiros. O Ponto de Amor necessita de ajuda para conseguir mão de obra e insumos ligados a toda a cadeia da construção civil e mobiliário. O instituto também está buscando doações de empresas e entidades internacionais, que apoiam projetos em países menos desenvolvidos.

- Condomínio com 100 casas (de 60m², com dois quartos)
- Creche
- Biblioteca
- Quadra esportiva
- Clínica odontológica com raio-x
- Centro de saúde com exames de ultrassom e endoscopia
- Consultório de psicologia e psiquiatria
- Cursos profissionalizantes
- Inserção no mercado de trabalho

- Mulheres com filhos em estado de vulnerabilidade
- Mulheres vítimas de violência doméstica
- Moradores de rua com filhos
- Refugiados
- Famílias de baixíssima renda ou com desempregados
- Famílias com maior número de filhos
- Famílias com pessoas enfermas ou portadoras de necessidades especiais

-Voltar a estudar ou frequentar cursos de qualificação profissional oferecidos pelo Ponto de Amor.
-Retornar ao mercado de trabalho (com ajuda do Ponto de Amor).
- Ter os filhos matriculados em escola
- Ter filhos com a carteira de vacinação em dia

- Assim que a família alcançar equilíbrio financeiro e puder se sustentar, deverá deixar a casa para outro beneficiário receber as mesmas oportunidades.
-O prazo varia de um a dois anos.
- A exceção serão pessoas que têm maiores dificuldades de gerar a própria renda, como portadores de necessidades especiais e mães com filhos enfermos, que poderão permanecer em definitivo no imóvel.